Sites Parceiros: Site Oficial | Blog Oficial | Projeto Portal | Urandir | Ufologia Brasil | Urandir 2012


Até quando as pessoas vão continuar sacrificando a sua saúde em troca da
conveniência do micro-ondas?

Se você não sabe do que estou falando, continue a ler esta matéria.

Podemos encontrar o micro-ondas em mais de 90% dos lares americanos e dos restaurantes. Ao questionarmos cada 
pessoa sobre o que levou ela a adquirir esse forno, a explicação lógica é a sua conveniência e a
eficácia na hora de economizar energia. 
Pois, foi essa informação que chegou até ela através da mídia e de todas as plataformas
que ela tem acesso.

E se eu te contasse outra versão? Acredite, o alimento que entrar em contato com ele, não importa
quão saudável seja, perderá todos os seus nutrientes.

Um exemplo: você chega em casa no final do dia cansado, e quer esquentar a comida que sobrou 
do almoço. Opta pela sua conveniência e esquenta arroz, feijão, carne, brócolis e cenoura. 
Come aquela refeição pensando estar ingerindo uma alimentação balanceada, como te ensinaram 
nos noticiários. 
Porém, a grande questão é: no momento que aquela refeição entra em contato com aquela energia eletromagnética (ondas de luz ou ondas de rádio), ela é capaz de retirar 100% dos nutrientes e zerar 
qualidade daqueles alimentos.

Outro fator que deve ser levado em consideração, são os alimentos aquecidos em recipientes 
de plástico que liberam uma substância altamente tóxica chamada DIOXINA.
Se você não sabe do que estou falando, acesse o link a seguir: 

Lembre-se disso da próxima vez que for esquentar a sua refeição ou a do seu filho, 
deixe a preguiça de lado e opte pelo fogão. 
Ele terá a mesma função, porém, sem o malefício do micro-ondas. 
Vale a pena ter panelas a mais para lavar para garantir a ingestão de todos os nutrientes e obter o prolongamento da sua vida.

Fato Interessante:


Você sabia que ele foi uma criação nazista para preparar refeições em larga escala em pouquíssimo
tempo durante a guerra?
Porém, após algum tempo os alemães aliados recolheram algumas amostras e fizeram uma
investigação Científica em torno deste forno. 
Como resultado, o seu uso foi proibido na União Soviética, e aproveitaram para emitir um 
alerta internacional sobre os seus riscos biológicos e ambientais. 
Houveram outras pesquisas feitas pela Europa Oriental que também constataram os efeitos do uso 
do micro-ondas. 
Porém, os Estados Unidos, Brasil e alguns outros países, ao se depararem com essas pesquisas,
 optaram por ignorar todos os relatos e resolveram lucrar com essa tecnologia.

Não existe exceção, qualquer alimento que entrar em contato com o micro-ondas trará
 malefícios para a sua saúde.

Um dia ouvi uma frase engraçada que ilustra bem esta matéria: 
“O micro-ondas é uma tecnologia que não deveria ser dada nem ao seu maior inimigo.”

Pense DIFERENTE!
Busque CONHECIMENTO.


O que a indústria alimentícia chama de óleo vegetal, na realidade não tem nada de vegetal.

Muitos ainda acreditam que eles são a melhor opção na hora de cozinhar, porém, na hora que pesquisamos vemos que não é bem assim.

Estes óleos são nomeados desta forma para que a população associe eles com um produto saudável. Porém, eles são tóxicos e fazem mal a saúde.
O processamento destes óleos envolve o uso de diversos químicos industriais e solventes altamente tóxicos.

Os consumos destes óleos podem causar:
  •    Doenças cardíacas.
  •    Diabetes
  •     Obesidade.
  •    Câncer.
  •   Entre outros malefícios. 

Óleos vegetais que não devem ser consumidos de forma alguma:

  • Óleo De Canola
  • Óleo De Milho
  • Óleo De Soja
  • Óleo vegetal
  • Óleo De Amendoim
  • Óleo De Girassol
  • Óleo De Cártamo
  • Óleo De Semente De Uva
  • Margarina
  • Um foco especial para o Azeite de Oliva: você terá a totalidade das suas propriedades ao consumi-lo frio.

Ao ler estas informações você deve estar se perguntando qual é a melhor opção para você cozinhar no seu dia a dia.
Existem três opções: óleo de coco, manteiga e banha de porco.
Mantenha em mente que deve consumir a gordura animal, a vegetal (com exceção do óleo de coco) é prejudicial para a sua saúde. Desta forma fica mais fácil de lembrar.

Você mesmo pode produzir a banha de porco na sua casa, e a boa notícia é que ele pode ser reutilizado, ao contrário dos óleos vegetais que possuem gordura trans (um anti nutriente).

Para isso basta comprar toucinho, fritá-lo e reservar em um recipiente de vidro toda a gordura que soltou.

É difícil evitar os óleos vegetais quando se tem o costume de comer fora, mas se você puder se conscientizar começando a mudança por você, aos poucos todos da sua família passaram a ter este hábito. Assim, terá um grande ganho na saúde de todos.


Mude seus hábitos.
Conscientize-se!